Allan Kardec

now browsing by category

 
Posted by: | Posted on: março 14, 2020

Conheça o livro básico do Espiritismo

 

O Livro dos Espíritos é a obra fundadora da Doutrina Espírita ou Espiritismo. Na forma de perguntas e respostas, contém os ensinamentos dos Espíritos Superiores, obtidos através de diversos médiuns, recebidos e ordenados por Allan Kardec.

O Livro dos Espíritos é a obra fundadora da Doutrina Espírita ou Espiritismo. Na forma de perguntas e respostas, contém os ensinamentos dos Espíritos Superiores, obtidos através de diversos médiuns, recebidos e ordenados por Allan Kardec.
Na língua francesa Le Livre des Esprits, é o primeiro livro da Codificação Espírita publicado por Hippolyte Léon Denizard Rivail (1804-1869),  educador, autor e tradutor francês, sob o pseudônimo de Allan Kardec. Essa obra contém os princípios da Doutrina Espírita sobre a imortalidade da alma, a natureza dos Espíritos e suas relações com os homens, as Leis Morais, a vida presente, a vida futura e o porvir da humanidade (segundo os ensinamentos dos Espíritos Superiores, através de diversos médiuns, recebidos e ordenados por Allan Kardec). É uma das oito obras fundamentais para o estudo da Doutrina Espírita juntamente com: O que é o Espiritismo (1859); O Livro dos Médiuns (1861); O Evangelho Segundo Espiritismo (1863); O Céu e o Inferno ou a Justiça Divina Segundo o Espiritismo (1865); A Gênese, os Milagres e as Predições Segundo o Espiritismo (1868), Obras Póstumas (1890) e Revista Espírita (1858-1869). Read More …

Posted by: | Posted on: março 13, 2020

A homossexualidade à luz do Espiritismo

Em seu caminho em direção ao progresso moral, o espírito reencarna como homem ou mulher, sucessivamente, segundo sua incumbência, provas e deveres a serem cumpridos em cada passagem pelo mundo material.

 

“Qualquer maneira de amor vale a pena”, como diz a música de Milton Nascimento, pode descrever resumidamente a visão do Espiritismo sobre a homossexualidade. Segundo a doutrina, a Espiritualidade Superior não distingue o espírito encarnado segundo seu invólucro físico. Cada espírito reencarna na Terra infinitas vezes, no caminho em direção ao progresso moral, como homem ou mulher, sucessivamente, segundo sua incumbência, provações e deveres a serem cumpridos em cada passagem pelo mundo material. Exigido é, para o espírito encarnado, sob qualquer orientação sexual, que paute sua existência na Terra segundo as leis do amor. Diz Allan Kardec no “O Livro dos Espíritos”:

• “Os Espíritos encarnam como homens ou como mulheres, porque não têm sexo. Read More …

Posted by: | Posted on: março 13, 2020

Porque Hippolyte Rivail mudou seu nome para Allan Kardec

Allan Kardec é um nome conhecido e falado no mundo todo. Denisard Hippolyte Leon Rivail bem menos. Por que o codificador do espiritismo teria adotado um pseudônimo? Qual seu significado? 

O educador e cientista francês Denisard Hippolyte Léon Rivail elegeu seu pseudônimo quando um espírito lhe revelou que haviam vivido juntos entre os celtas, na antiga região da Gália, quando Denisard se chamava “Allan Kardec”. O momento exato da mudança aconteceu em uma sessão espírita do ano de 1857, quando o espírito protetor Zéfiro comunica a Denisard tê-lo conhecido em uma vida anterior. Sob esse pseudônimo, então, ele assinou e publicou as obras que sintetizam a Doutrina Espírita e o tornaram mundialmente conhecido. Como antes de seu notável trabalho como a pesquisa científica sobre fenômenos paranormais, Denisard foi discípulo do reformador educacional Johann Heinrich Pestalozzi e assinou diversos estudos, achou que deveria separar suas obras da “ciência ditada pelos espíritos” de seus anteriores trabalhos pedagógicos.Os celtas foram um dos grandes povos da Europa entre os anos 600 e 50 a.C., quando seus domínios se estendiam principalmente pelos atuais França, Grã-Bretanha, Espanha e Portugal. Como as tribos celtas viviam em constante conflito e guerra, apesar das tentativas de unificação, foram uma a uma sendo conquistadas pelo imperador César e seus territórios anexados ao Império Romano. As poucas tribos que resistiram e avançaram pela era cristã habitavam o norte das atuais Escócia e Irlanda. Read More …

Posted by: | Posted on: março 13, 2020

CCDPE lança livro O legado de Kardec

A obra da pesquisadora espírita Simoni Privato Goidanichi aborda várias alterações que deturparam trechos do conteúdo original de “A Gênese”.


O CCDPE-ECM acaba de lançar no Brasil o livro O Legado de Allan Kardec, de Simoni Privato Goidanichi, leitura fundamental para quem quer conhecer o verdadeiro legado deixado para a posteridade pelo codificador do Espiritismo.
A autora faz uma reavaliação crucial de uma das obras fundamentais da doutrina, A Gênese, que completou 150 anos em 2018. A obra aborda várias alterações que deturparam trechos do conteúdo de A Gênese, feitas na quinta edição, que perduraram nas reedições e traduções posteriores, até os dias de hoje. Contextualiza essas alterações do livro no momento histórico do chamado “o ano terrível” (1872), época de diversos embates no movimento espírita. Trata também controvérsias legais a respeito do nome e o pseudônimo de Kardec, o “processo dos espíritas”, os cerceamentos à viúva de Kardec, a queima de seus arquivos e documentos e vários outros assuntos. Read More …

Posted by: | Posted on: março 13, 2020

Conheça a peça teatral escrita por Allan Kardec

Usando ainda seu nome de batismo, H. Rivail, o codificador de espiritismo, criou Uma Paixão De Salão, comédia romântica encenada em Paris em 1845.

Pouca gente sabe que Allan Kardec, que ficou para a posteridade como o codificador do Espiritismo e autor das obras fundamentais da doutrina, escreveu uma peça teatral. Chamada Une Passion de Salon (Uma Paixão de Salão), é uma comédia romântica de encontros e desencontros amorosos que Kardec escreveu usando ainda seu nome de batismo.
Foi nos tempos em que ainda era conhecido como professor Rivail. Allan Kardec era um intelectual versátil, deu aulas de matemática, física, química, astronomia, anatomia e francês e escreveu gramáticas e aritméticas. Em 1843 lançou essa que foi sua única peça teatral, escrita em parceria com o jovem dramaturgo Léonard Joseph Urbain Napoléon Gallois (1815-1874), que se tornou mais tarde historiador e bibliógrafo com várias obras publicadas. Read More …

Posted by: | Posted on: março 13, 2020

Quem foi Allan Kardec

Educador e autor francês, Kardec (1804-1869) foi um dos pioneiros na pesquisa dos fenômenos paranormais e codificou o Espiritismo. Fundou a primeira sociedade espírita, com o nome de Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas.

Hippolyte Léon Denizard Rivail (Lyon, 3 de outubro de 1804 – Paris, 31 de março de 1869) foi um influente educador, autor e tradutor francês. Sob o pseudônimo de Allan Kardec, notabilizou-se como o codificador do Espiritismo (neologismo por ele criado), também denominado de Doutrina Espírita. Foi discípulo do reformador educacional Johann Heinrich Pestalozzi e um dos pioneiros na pesquisa científica sobre fenômenos paranormais (mais notoriamente a mediunidade), assuntos que antes costumavam ser considerados inadequados para uma investigação do tipo.
Adotou o seu pseudônimo para uma diferenciação da Codificação Espírita em relação aos seus anteriores trabalhos pedagógicos. Segundo várias fontes, seu pseudônimo foi escolhido pois um espírito revelou-lhe que haviam vivido juntos entre os druidas, na Gália, e que então o Codificador se chamava “Allan Kardec Read More …

Posted by: | Posted on: fevereiro 26, 2020

Os livros dos Espíritos

Livro-pesquisa de Luís Lira, publicado pela Editora EME com apoio do CPDoc e do CCDPE, terá semana de lançamentos em São Paulo

Uma pesquisa original motivada pelas alterações nas primeiras 16 edições do livro básico do Espiritismo, alterações feitas diretamente por Allan Kardec ainda encarnado, levou o estudioso espírita Luís Jorge de Lira Neto a escrever sua primeira obra intitulada Os livros dos Espíritos. Trata-se de um trabalho que não apenas demonstra como Kardec agiu desde a edição inicial, especialmente com as modificações e ampliações introduzidas já na segunda edição, quando O livro dos Espíritos praticamente dobrou sua quantidade de questões, mas mostra, também, aprimoramentos posteriores e com isso facilita grandemente os interessados, curiosos e estudantes, na compreensão dos fatos.

O autor apresentou seu estudo, de modo resumido, no Encontro da Liga dos Historiadores e Pesquisadores Espíritas ocorrido em agosto de 2019 em Fortaleza, Ceará, bem como o discutiu amplamente em apresentação no Centro de Pesquisas e Documentação Espírita (CPDoc), em Santos, onde colheu subsídios e sugestões que o levaram a dar o texto definitivo ao livro.

O lançamento oficial do livro está marcado para o período de 9 a 14 de março de 2020 e Read More …